« Página Principal    « Imprensa  « Regressar   Avançar »

OLIVEIRA DE AZEMÉIS: BARBEARIA OU TEMPLO DE ELVIS?

O Rei do Rock está vivo, numa barbearia em Oliveira de Azeméis.

Tem 63 anos e desde os doze que Aníbal Simão é fã incondicional de Elvis Presley. Com essa idade adotou o corte de cabelo do ídolo e comprou o primeiro objeto, um livro, da extensa coleção que possui e que exibe diariamente na sua barbearia em Oliveira de Azeméis. A música de Elvis toca de manhã à noite, todos os dias, e não cansa o barbeiro nem os clientes. Do chão ao teto do salão há todo o tipo de objetos, um canário chamado Elvis e fotografias da filha a quem deu o nome da filha do cantor. Chama-se Lisa Maria. As netas chamam-no, a seu gosto, o avô Elvis.

Fonte: TSF http://www.tsf.pt/multimedia/galeria/Default.aspx?content_id=3659891




Oliveira de Azeméis recebe, este domingo, um grande convívio de fãs de Elvis Presley, a pretexto da data de aniversário do rei do rock. Um dos grandes dinamizadores do encontro é Aníbal Simão, a barbearia dele, é um templo do Elvis.

Aníbal Simão tinha 12 anos quando ouviu Love Me Tender. Começou assim uma paixão sem limites por Elvis Presley. Na sua barbearia, em Oliveira de Azeméis, não vale a pena tentar encontrar um canto disponível. Não há. O espaço está recheado de filmes, fotografias, livros, peças em louça, t-shirts, bandeiras e nem o canário escapa. O Elvis da gaiola canta e abana as penas cor de laranja como se estivesse em palco. Foi comprado no dia 8 deste mês quando o outro canário que habitava a mesma gaiola morreu. O novo Elvis não para de cantar e é a principal companhia do salão.

Aos 12 anos, e contrariando a vontade do pai, Aníbal Simão adotou o penteado de poupa arrebitada, patilhas longas e largas. Nunca mais mudou e se pudesse era corte único no salão. Se dependesse do barbeiro, em Oliveira de Azeméis, os homens andavam todos à imagem do seu ídolo. Só não dá para os carecas, ri-se Aníbal.

Aníbal Simão acorda todos os dias às sete horas e quando abre a porta da barbearia, às nove, a televisão já está ligada. A música de Elvis Presley toca de manhã à noite, todos os dias, e não enjoa. Quando um dia a mãe lhe perguntou se os clientes não se cansam, o barbeiro respondeu que se ele aguenta e passa ali todo o dia, então os clientes também aguentam.

Em Elvis Presley, Aníbal admira a voz e o homem que se fez estrela partindo do zero. Foi um homem humilde que comeu o pão que o diabo amassou para ter sucesso, mas conseguiu. Na vida de Aníbal Simão, o ídolo serve de inspiração para tudo. A filha chama-se Lisa Maria, tal como a filha de Elvis. As netas, garante, herdaram o gosto musical do avô que tratam de forma carinhosa. Quando lhes telefona, elas gritam logo que é o avô Elvis.

Em 2002, Aníbal Simão viveu um dos momentos mais marcantes e felizes da sua vida. Visitou Graceland, a casa que era de Elvis Presley, nos Estados Unidos. Confessa que não segurou as lágrimas porque esse foi, a seguir ao nascimento das filhas e das netas, um dos dias mais importantes que viveu. Aos 63 anos, Aníbal Simão quer encontrar uma namorada. Se ela se chamar Priscilla e gostar da mesma música que ele... a vida fica perfeita.

Fonte: TSF http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=3661403

« Página Principal    « Imprensa  « Regressar   Avançar »