« Página Principal  « Iniciativas « Regressar  Avançar »


"ELVIS & FRIENDS 2016" - 60 ANOS DE ROCK'N'ROLL

PÁTEO DO FAUSTINO - TORRES VEDRAS - 06/03/2016

SAIBA COMO TUDO SE PASSOU!

1956 foi o ano em que Elvis ficou conhecido mundialmente como o Rei do Rock’n’Roll. E em 2016 celebram-se os 60 anos da sua coroação. Em 6 de março de 2016, vários fãs de Elvis, vindos de diversos pontos do país, juntaram-se no restaurante Páteo do Faustino, em Torres Vedras, para festejar esta efeméride.
No restaurante havia uma área de exposição, com vários artigos relacionados com Elvis, um espaço para dançar e também uma tela com projeções durante a hora de almoço e convívio, assim como música ambiente.
Contamos com a atuação dos artistas de tributo a Elvis em Portugal,
Francisco Peças e António Carlos Coimbra. Carlos Santos – também um dos fundadores do Elvis 100% – fez a sua atuação, entre os dois artistas de tributo, interpretando vários êxitos dos anos 50, 60 e 70. E tivemos ainda a participação de amigos fãs de Elvis que cantaram alguns temas, como foi o caso de Carlos Sales (que cantou Let It Be Me), Paulo Carmo (que cantou Can’t Help Falling in Love) e Humberto Ladeira (que cantou Sweet Caroline). Os pontos altos da tarde foram, sem dúvida, o dueto de Don’t Cry Daddy de António Carlos Coimbra com Lisa Maria Simão, bastante aplaudido; as interpretações de Love Me Tender e An American Trilogy, por António Carlos Coimbra, acompanhado à guitarra e também pelo excelente violino tocado pela sua filha, Inês Henriques; assim como a declaração pública de amor que fez à sua esposa, Judite Henriques, com I Just Can’t Help Believin’.
Entre as atuações, fomos fazendo sorteios de artigos Elvísticos, que calharam a 4 sócios afortunados do Elvis 100% e a 6 outros fãs presentes na sala. Ainda houve tempo para que José Santos, que escreveu um poema dedicado a Elvis e à nossa festa, o lesse do palco para todos os presentes no final da festa (ver poema, em baixo).
Mais uma vez, e como tem acontecido sempre, a SIC esteve presente para cobrir o acontecimento, para tal tendo feito uma reportagem que passou no noticiário das 20h00 desse mesmo dia e várias vezes na SIC Notícias (clicar aqui, para ver a reportagem), no dia seguinte.
Seguem-se algumas fotos ilustrativas deste dia. Aconselhamos a consulta dos álbuns de fotos (imensas fotos e com melhor qualidade) na página do Facebook do clube (ver as ligações, em baixo). De igual forma, publicamos os testemunhos de algumas pessoas presentes, que se manifestaram acerca deste “Elvis & Friends”. Depois de mais uma tão bem sucedida e aclamada iniciativa  (a sala esgotou a mês e meio da data), ficou a vontade de organizar o próximo “Elvis & Friends” em 2017 – ano em que passam 40 anos após a morte de Elvis Presley.



À entrada tínhamos uma área de exposição com vário material relacionado com Elvis, incluindo duas réplicas de motos restauradas do modelo que ele conduziu em "Viva Las Vegas" e dois Elvis em tamanho natural, entre outras coisas. 

 Sala onde decorreu o evento, antes dos fãs chegarem. As mesas estavam todas identificadas com os seus engraçados identificadores, alusivos ao tema da festa (60 Anos de Rock'n'Roll). E todas as mesas tinham várias ofertas para os fãs.



Mais uma vez a SIC esteve presente para fazer uma reportagem sobre o nosso evento. Nas fotos vemos Célia Carvalho, António Carlos Coimbra e Eduarda Gomes a serem entrevistados.
Ver a reportagem da SIC, aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=luXn1BKDzF0&feature=youtu.be

A primeira atuação da tarde foi com o artista de tributo a Elvis português, Francisco Peças.

Contamos com a participação de alguns amigos fãs de Elvis, que também intepretaram algumas canções. O primeiro foi Carlos Sales, que cantou "Let It Be Me".

O segundo foi Paulo Carmo, que cantou "Cant' Help Falling in Love" e o terceiro, Humberto Ladeira, que cantou "Sweet Caroline".

 Agradecemos ao nosso patrocinador, que ajudou a promover o evento, o Moto Clube de Torres Vedras, a quem oferecemos uma lembrança de agradecimento por essa mesma divulgação.

Realizamos 4 sorteios por entre sócios do Elvis 100%. Francisco Pinto ficou com uma caixa de CDs com 17 álbuns de Elvis, caixa essa que foi oferecida pelo sócio Carlos Sales para esse efeito.

O sócio Reinaldo Lopes ficou com o prato de porcelana pintado à mão, de edição limitada, oferecido pela sócia Mary Lu Ribeiro.

 A sócia Fernanda Ramos ficou com uma peça artesanal, alusiva ao filme "Jailhouse Rock", que Jorge Custódio elaborou.

A sócia Virgínia Rebelo teve a sorte de ficar com a toalha/mantinha de Elvis, mesmo no final do evento.

Nos sorteios gerais, Vera Soares ficou com um relógio de Elvis.

Ângelo Correia levou esta bonita almofada de Elvis.

Eduarda Gomes teve a sorte de lhe calhar um colar com um medalhão de Elvis.

José Santos ficou com um relógio de Elvis.

A Cristina Silva coube a sorte de ficar com um colar com um medalhão de Elvis.

José Luís Rufino ficou com a t-shirt de Elvis.

Emília Faustino surpreendeu Célia Carvalho e Jorge Custódio com uma bonita lembrança.

A segunda atuação da tarde foi a de Carlos Santos, que interpretou vários êxitos dos anos 50, 60 e 70.

A terceira e última atuação da tarde foi pelo artista de tributo a Elvis português, António Carlos Coimbra.

A atuação de António contou com alguns momentos muito especiais, como este dueto com Lisa Maria Simão, de "Don't Cry Daddy". Muito comovente e aplaudido. Um dos pontos altos, na opinião dos presentes, talvez por ser reminiscente de Elvis com a sua própria filha, Lisa Marie. Muito bonito!

Outro ponto alto do concerto: António Carlos interpretou "Love Me Tender" e "An American Trilogy", acompanhando-se à guitarra, tendo também por companhia a sua filha, Inês Henriques, a tocar violino. Foi lindo! Muito aplaudido.

Outro  momento muito bonito foi a dedicatória de "I Just Can't Help Believin'" à sua esposa, Judite Henriques.

No fim da festa, tiraram-se as últimas fotos (Carlos Coimbra e Lisa Simão à esquerda e Célia Carvalho e Fátima Silva à direita)...

Dançou-se ao ritmo de "You're Still the One", cantado por António Carlos "à la Elvis"...


Carlos Santos teve de parar de dançar quando começou a ouvir António Carlos a cantar uma música sua original, "That Old Way", sendo que acabaram por cantá-la em dueto.

No final, todos os participantes receberam certificados de presença, assim como prendinhas pessoais relacionadas com Elvis.

Terminamos a cantar "The Wonder of You".

TESTEMUNHOS:

"Ontem, Domingo 6 de março de 2016, celebramos 60 anos de Rock and Roll e Elvis, em Torres Vedras. Foi uma tarde de emoções. Houve momentos muito bonitos. A amizade, a partilha, a transformação do virtual em real, o reencontro e o nascimento de novas amizades.

"Um acrescentar de boa gente, à família renovada que esteve reunida até ao fim da festa. Foram dádivas. Um grupo de admiradores de um Homem carismático e simples na sua Grandeza que partilhou talento e doou 'talentos' aos necessitados, mais de metade da sua fortuna foi para causas sociais.

"O que me marcou mais? Diversas situações. Gostei muito de cantar com o Carlos Santos
, que bela voz, grave e bem timbrada, contendo em si todo o espírito de Cash (sem Cifrões à mistura) e com o seu carisma muito próprio.

"Que surpresa boa o Paulo Carmo, que bem que ele canta e que timbre encantador! Dizia que estava constipado e doente!? Continua assim que essa doença tem muito bom som e feeling. Cantar não é gritar, deve dar prazer e ser genuíno. O Paulo provou isso na perfeição, com classe e bom gosto.

"O Carlos Sales não me surpreendeu, já o tinha ouvido e é dono de uma bela voz, também cheia de sentimento. Canta e sente, porque sabe o que diz. Cantar é sentir e sentir é compreender. Canta Elvis muito bem, com a sua própria voz. Isso dá ainda mais beleza à coisa. Muito bem.

"Don't Cry Daddy" com a... Lisa Maria, foi lindo, eu achei, e os outros companheiros presentes também acharam emocionante. Mais um momento de partilha.

"Foi especial cantar para a mulher da minha vida, a minha querida esposa já há 21 anos e que conheço na alma antes de ter nascido. O meu amor partilha comigo todos os bons momentos e ajuda-me nos difíceis. 'This time the girl is gonna stay, for more than just a day', disse há duas décadas, agora entoei no texto de uma canção do Rei, o sentido dessas palavras.

"Pois é, e foi ela que me deu um presente precioso, que esteve em palco comigo a interpretar dois temas, apenas guitarra, voz e o violino da Inês Henriques. O silêncio que se fez ouvir em 'American Trilogy' falou muito, muito alto. Obrigado, filha. Obrigado, companheiros e companheiras de jornada. A todos/todas.

"Queridos Célia Carvalho e Jorge Custódio, que entrega, que talento, que carolice, tanto, tanto trabalho, preocupações, despesa e amor envolvidos nesta vossa dádiva, para transmitir o prazer de um sorriso e o privilégio de revivermos momentos inesquecíveis...

"A minha querida Mary Lu Ribeiro, veio do Algarve para estar connosco, tal como algumas outras pessoas, do Porto, Fátima Santos, de Viseu, de Braga, da Trafaria, como a Maria Antónia Pereira, sei lá! Portugal trouxe fãs a Lisboa, vindos de quase todas as geografias Lusitanas. Reconheci várias pessoas que estiveram na Feira Internacional de Lisboa quando o Clube Elvis 100% me convidou para lá estar na feira Vintage. Gostei muito, mesmo muito.

"Obrigado a todos, incluindo a Kelly Martins, repórter da SIC e o camaraman Odacir, nascido em terras de Vera Cruz. Tenho pena que não tenham assistido aos espetáculos programados no cartaz mas a vossa presença foi importante e agradecemos esse facto.

"Vim de lá extremamente cansado fisicamente, mas uma coisa é certa: a felicidade da vida reside nisto. Estarmos unidos em paz, a cantar o Amor." - António Carlos Coimbra.

"Ontem fiquei de coração CHEIO! OBRIGADA, ANTÓNIO CARLOS COIMBRA, POR TERES DIVIDIDO O PALCO COMIGO! Foi um privilégio, uma honra e uma grande EMOÇÃO! 'Thank you, Daddy'! O evento do Elvis 100% é dos convívios  mais emocionantes... onde revemos pessoas anualmente, que no dia a dia, nunca nos saem do pensamento!" - Lisa Maria Simão.

"Lisa, parabéns! Adorei e emocionei-me com aquele momento. Foi lindo, lindo, lindo!" - Olga Gabriel.

"Disseste (escreveste) tudo, caro amigo António Carlos. Deixaste falar o coração e, se ainda fosse preciso, provaste, mais uma vez, que és um ser iluminado. É um privilégio contar com a tua amizade. Um grande abraço. Obrigado pela emoção que me causaste." - Carlos Sales.

"Obrigado, Célia Carvalho e Jorge Custódio, por esta lembrança deste dia espetacular, como sempre. Maravilhoso convívio entre todos aqueles que adoram e idolatram o Rei. Mais uma vez, obrigado. Adorei o cinto e a moldura, e cantar para todos foi muito bom. Continuem o excelente trabalho que têm desenvolvido em prol da memória de Elvis Presley." - Paulo Carmo.

"Francisco, quero dar-te os parabéns pela tua atuação de ontem no nosso evento. Foi das melhores a que já assisti, foste incrível. As pessoas adoraram, podes acreditar." - Olga Gabriel.

"Parabéns e muito obrigada pelo excelente espetáculo! Eu e a minha família adoramos!" - Liliana Silveira.

"Umas breves palavras para vos parabenizar pelo evento. Na minha perspetiva, correu tudo muito bem... Foi lindo!... Os pormenores da decoração, a forma como tudo estava organizado, as inúmeras surpresas ao longo da tarde; tudo transparece muito esforço e dedicação, empenho e muito altruísmo... Tudo foi pensado em prol dos outros e duma causa que não poderia ser melhor representada... Parabéns!!! Estou certa de que a vossa envolvência e de todos quantos contribuíram para este espetáculo, foi enorme e, sim, conseguiram superar-se!... Do feedback que fui ouvindo de outras pessoas presentes, também era notório o seu agrado." - Sandra Figueira.

"Obrigado, Célia Carvalho e Jorge Custódio, pelo maravilhoso dia que nos proporcionaram. Faltam-me as palavras para descrever toda a emoção sentida, toda a alegria de um convívio fantástico num ambiente em que se podia notar facilmente a felicidade estampada no rosto de toda a gente. Obrigado pelas lembranças que me ofertaram e que vão lembrar-me para sempre dessas horas felizes que passei (passamos). Para mim, a organização esteve a 100 por cento (só podia, dado o nome do clube). Estive feliz, vim de lá feliz e estou feliz. Culpados? Vocês, Célia e Jorge, meus amigos do coração!!!!" - Carlos Sales.

"Gostei muito. Estava tudo muito bom. Muito obrigada." - Celeste Cunha.

"Foi um espetáculo muito bom e muito bem organizado! Parabéns ao clube! Muito obrigada!" - Maria Sameiro.

"Muito bom, gostei muito de tudo... dos cantores também... e o almoço estava muito bom." - Filomena Silva.

"Bem mereceram as prendinhas que receberam pelo trabalho empenhado e o sucesso da festa. Estava tudo muito bom. Também quero agradecer as lembranças que estavam em cima da mesa, bem como o marcador de mesa, que sei que deu muito trabalho. Mais uma vez, muitos parabéns a quem tornou isto possível, incluindo os fãs. E este 'Elvis' que canta Elvis, canta músicas que não são de Elvis, mas como ele pensa que Elvis as cantaria. Tem até um CD, que eu tenho, com essas músicas e é um perfecionista, tudo ao pormenor: nos fatos, no cinto, no anel, até os tiques... Nesta festa, foi presenteado com um fio réplica de um que Elvis usou nos seus espetáculos. E canta que encanta!" - Maria de Lurdes Carreira.

"Foi tudo 5 estrelas, adorei! Até comentei com as minhas companheiras de mesa: que grande trabalhão que isto tudo deve ter dado! Mas é um orgulho, não é, Jorge? Saber que um evento com tanta gente tenha corrido bem a todos os níveis, não deixando chamuscado o nome de Elvis Presley. Para mim, isso é o mais importante e vocês (Jorge e Célia), são uns relações públicas à altura! Que venha 2017 rapidamente! Beijinho e Bem-Haja!" - Ana Paula Ferreira.

"Na tradição do 'bom português'... a 'sorte' reservou, no canto do 'Elvis', a mesa onde fiquei a conhecer bastidores da nossa pop 'madura'... e, assim degustando, pude saborear o talento de quem, no palco, da mesma partilha, sabe o sabor, servido com emoção contagiante, em ambiente familiar e acolhedor... Festa feita de afetos, este sentir presente, na ausência, alguém tão grande como a vida!" - Victor Rodrigues.

"Adorei tudo, em especial, o espetáculo... Mas, por momentos, sonhei que Elvis estava ali a cantar e a dar-me aquele lenço... foi lindo e jamais vou esquecer estes momentos de alegria e convívio, assim como rever alguns dos sócios. Quero também dar os parabéns à Célia Carvalho pela bonita organização do evento, muitas felicidades para todos." - Fernanda Ramos.

"Adoramos ter ido a Torres Vedras para assistir a estes grandes artistas. Não mais esqueceremos e esperamos assistir a mais. Muito obrigada." - Amália Zacarias.



POEMA DA AUTORIA DE JOSÉ SANTOS, LIDO POR ELE NO FINAL DA FESTA, DEDICADO A ELVIS E A ESTE ENCONTRO:

DAR VALOR AOS VALORES

Vamos conviver
E também recordar
É valor a não esquecer
É momento de festejar

Elvis, vida que fez história
Fez vibrar a nível mundial
Morreu, mas vive na memória
Imitar é fácil, mas nada igual

Será sempre recordado
Eternamente o mês de agosto
Deixou de estar ao nosso lado
Mas a saudade deixou um gosto

São estes valores que deixam o mundo
Mas que jamais sairão da nossa visão
Porque algo nasceu cá bem fundo
E a música encheu o nosso coração

É isto o recordar e não esquecer
Alguém que algo nos deixou
E como o recordar é viver
A fama, o valor, foi Elvis que ganhou

Um tributo é valiosa mensagem
Que o povo deseja honrar
É sempre o valor de uma homenagem
De quem queira dedicar


Para ver todas estas fotos (e muitas, muitas mais) com qualidade, é consultar os álbuns de fotos no Facebook do Elvis 100%:

Álbum 1 - "Elvis & Friends 2016" - Sala e Preparativos
Álbum 2 - "Elvis & Friends 2016" - Almoço e Convívio
Álbum 3 - "Elvis & Friends 2016" - A SIC no Evento
Álbum 4 - "Elvis & Friends 2016" - Atuação de Francisco Peças
Álbum 5 - "Elvis & Friends 2016" - Atuações de Amigos
Álbum 6 - "Elvis & Friends 2016" - Agradecimentos e Sorteios
Álbum 7 - "Elvis & Friends 2016" - Atuação de Carlos Santos
Álbum 8 - "Elvis & Friends 2016" - Atuação: António Carlos Coimbra
Álbum 9 - "Elvis &  Friends 2016" - Momentos Especiais com António
Álbum 10 - "Elvis & Friends 2016" - Fim da Festa

Filmes da Festa:






César Santos, Sandra Santos e Carlos Santos...

... Célia Carvalho e Jorge Custódio: "Obrigado, nós, a todos, por tudo!"
 

« Página Principal  « Iniciativas « Regressar  Avançar »