« Página Principal  « Regressar  Avançar »

1935-1957    1958-1965    1966-1969    1970-1977
(Clique nas datas para aceder à biografia de Elvis)

Biografia de Elvis Presley
1935-1957

16 outubro de 1954
Aparecem pela primeira vez no Louisiana Hayride, um espetáculo de rádio ao vivo de música country, difundido nas noites de sábado, a partir de Shreveport, no Louisiana, através da Rádio KWKH. O programa é o principal concorrente do Grand Ole Opry, suportado por 190 estações em treze estados. Isto leva a apresentações regulares no Hayride e, em Novembro, Elvis assina um contrato anual para 52 apresentações nos Sábados à noite.

É uma excelente oportunidade, mas conforme a popularidade de Elvis vai crescendo, o seu compromisso com o Hayride impede-o de viajar muito para fora do Sul para expandir mais a sua carreira, a uma escala mais ampla. Durante a associação de Elvis com o Hayride, conhece o Coronel Tom Parker, um promotor e empresário ligado a vários espetáculos e ao Louisiana Hayride. Parker é também empresário de uma estrela de country, Hank Snow. Um cliente anterior de Parker tinha sido a estrela de country Eddy Arnold.

Janeiro de 1955
Elvis assina um contrato com Bob Neal, que se torna no seu empresário.

1955
Elvis, Scotty e Bill continuam a viajar por conta própria e em espetáculos de variedades com várias outras estrelas da música country, incluindo digressões conjuntas de artistas do Hayride.
O Coronel Parker está envolvido. Isto inclui viajar com Hank Snow. As apresentações regulares no Hayride continuam. O baterista D.J. Fontana junta-se à banda de Elvis. Na primavera Elvis não consegue ser aceite para aparecer no Arthur Godfrey’s Talent Scouts, um programa televisivo. Como sempre, as atuações ao vivo de Elvis têm uma atração especial para os adolescentes, especialmente as raparigas. O seu estilo único, movimentos sexy e boa aparência começam a causar cada vez mais excitação por onde quer que se apresente para atuar ao vivo. Às vezes as multidões irrompiam por entre as barricadas num comportamento de quase motim. Elvis vai conquistando cada vez mais popularidade e começa a obter a atenção nacional. O Coronel Parker fica cada vez mais envolvido na carreira de Elvis.

15 de agosto de 1955
Elvis assina um contrato de empresariado com a Hank Snow Attractions, que é propriedade em partes iguais de Snow e do Coronel Tom Parker. Bob Neal continua envolvido como conselheiro. O Coronel Parker viria a ser o empresário exclusivo de Elvis a partir desta altura. Foi em muito pouco tempo que Snow deixou de estar ligado a Elvis.

20 de novembro de 1955
Elvis assina o seu primeiro contrato com a RCA Records. O Coronel Parker negocia a venda do contrato de Elvis com a Sun para a RCA, que inclui os seus cinco singles da Sun e todo o material gravado por lançar. O preço foi 40.000 dólares (algo sem precedentes), com um bónus de 5.000 dólares para Elvis. A RCA logo lança os cinco singles da Sun com a sua etiqueta. Ao mesmo tempo Elvis assina um contrato com a Hill and Range Publishing Company, que viria a criar uma empresa separada chamada Elvis Presley Music, Inc. Elvis partilhará com a Hill and Range a propriedade da publicação das canções compradas pela Hill and Range para ele gravar. Elvis é a nova estrela mais quente no mundo da música.

10 de janeiro de 1956
Dois dias depois do seu 21º aniversário, Elvis faz a sua primeira sessão de gravação para a RCA, feita no seu estúdio de Nashville. Entre as canções selecionadas para gravar durante esta sessão encontra-se Heartbreak Hotel. Os Jordanaires, um quarteto de gospel e famoso grupo de apoio de música country, começam a trabalhar com Elvis no estúdio durante as primeiras poucas sessões de gravação da RCA e começam logo a ser incluídos nas digressões. Também iriam aparecer com Elvis em vários filmes e permaneceriam o seu principal grupo vocal de apoio até ao final dos anos 60.

27 de janeiro de 1956
Heartbreak Hotel e I Was The One é lançado pela RCA e vende mais de 300.000 cópias durante as primeiras três semanas no mercado. É demasiado cedo para chegar ao primeiro lugar da tabela de singles pop da Billboard, mas chegou a primeiro lugar na tabela country e a quinto lugar na tabela de R&B. Seria o primeiro single de Elvis a vender mais de um milhão de cópias, conquistando Elvis desta forma o seu primeiro disco de ouro.

28 de janeiro de 1956
Elvis apresenta-se com Scotty, Bill e D.J. no Stage Show produzido por Jackie Gleason, apresentado por Tommy e Jimmy Dorsey na CBS. Esta é a primeira apresentação televisiva de Elvis. Aparece mais cinco noites no Stage Show durante as semanas que se seguem e provoca ondas menores por toda a nação.

A última destas seis apresentações foi em 24 de março. As digressões e as apresentações pessoais continuam durante este período, incluindo as apresentações no Louisiana Hayride, pois ainda está sujeito ao contrato que assinou. A fama e a “infâmia” começam a crescer.

Fevereiro de 1956
Enquanto Heartbreak Hotel continua a sua subida nas tabelas até chegar ao primeiro lugar, I Forgot To Remember To Forget é lançada com Mystery Train, o quinto e último single a ser lançado pela etiqueta da Sun, atinge o primeiro lugar das tabelas nacionais de singles de country da Billboard. É o seu primeiro número um numa tabela nacional.

13 de março de 1956
A RCA lança Elvis Presley, o primeiro álbum de Elvis. É num instante que chega ao primeiro lugar da tabela de álbuns pop da Billboard, onde permanece durante 10 semanas. É o primeiro álbum de Elvis a vender 1 milhão de exemplares, conquistando assim o seu primeiro disco de ouro por um álbum.

1 de abril de 1956
Elvis faz um teste cinematográfico para a Paramount Studios em Hollywood. Faz playback de Blue Suede Shoes e representa uma cena do filme ainda por fazer, The Rainmaker, um filme em que acaba por não aparecer.

3 de abril de 1956
Elvis apresenta-se no The Milton Berle Show, na ABC que, para esta particular difusão, é feito no convés de um navio, o USS Hancock.

6 de abril de 1956
Elvis assina um contrato cinematográfico de sete anos com Hal Wallis e a Paramount Pictures.

23 de abril – 9 de maio de 1956
Comparado com a habitual histeria, Elvis tem uma aceitação sofrível durante o seu compromisso de duas semanas no New Frontier Hotel, em Las Vegas. Não é propriamente o tipo de artista com o qual o público adulto de jogadores de Vegas se identifica muito bem. Durante estas duas semanas, o single Heartbreak Hotel e o álbum Elvis Presley chegam ambos à primeira posição das tabelas pop da Billboard.

E no meio de tudo isto, as viagens e apresentações pessoais por todo o país continuam, bem como lançamentos de novos discos. As multidões são cada vez maiores e mais selvagens. A fama de Elvis cresce de forma astronómica. Alguns destes espetáculos têm de terminar mais cedo devido ao facto de os fãs invadirem o palco. Elvis cria um pandemónio por onde quer que passe.

5 de junho de 1956
Elvis volta a aparecer no The Milton Berle Show, desta vez no estúdio de onde normalmente era difundido, e apoiado pelos Jordanaires, Scotty, Bill e D.J. Entre as suas seleções encontra-se uma atuação feita de forma sensual e na brincadeira de Hound Dog, que põe os miúdos presentes no público completamente loucos. No dia seguinte, a imprensa e alguns telespetadores adultos estão escandalizados. É uma das suas atuações mais controversas. Isto serve apenas para alimentar ainda mais a sua aparentemente imparável popularidade.

As viagens e as apresentações pessoais continuam, bem como a produção de novos discos. Por esta altura, Elvis, com os seus movimentos sexy e som influenciado pelos negros, está a ser condenado por certas fações dos “moralmente preocupados” do establishment e pela comunidade religiosa. Mas os miúdos adoram-no.

1 de julho de 1956
Elvis aparece no The Steve Allen Show, pela NBC. Entre as suas atuações desta noite inclui-se uma versão muito mais moderada de Hound Dog. Allen fez Elvis vestir-se com uma gravata branca e smoking preto com asas de grilo e fê-lo cantar para um cãozinho a sério – uma resposta maldasa com toda a controvérsia criada pela apresentação no Berle no mês anterior. A boa natureza de Elvis fá-lo concordar com aquilo, mas não se sente particularmente feliz com a situação. Elvis também surge vestido de cowboy num sketch cómico com Allen, Imogene Coca e Andy Griffith.

O lançamento de discos, as digressões e as gravações continuam. A condenação e a controvérsia continuam a crescer, a par com a popularidade. Ed Sullivan, que tinha dito que nunca apresentaria Elvis Presley no seu programa, muda de cantiga quando vê os elevados níveis de audiência que Elvis atrai para os programas de Berle e Allen. É logo feito um contrato para três apresentações por 50.000 dólares – esta foi a quantia mais elevada alguma vez paga a um artista até aquela data, para aparecer num programa de variedades.

Agosto de 1956
Elvis inicia as filmagens para o seu primeiro filme, Love Me Tender, como empréstimo da Paramount à Twentieth Century Fox. Originalmente intitulava-se The Reno Brothers, mas o título é alterado antes do seu lançamento para capitalizar sobre o single da banda sonora que certamente viria a ser um êxito.

Para ver mais fotos de Elvis ao vivo e em privado, consulte a Galeria 1 e a Galeria 2.


 
Elvis, no Steve Allen Show, a cantar Hound Dog.























 


Programa do Louisiana Hayride.
Elvis com o Coronel Parker.
Elvis assina contrato com a RCA (com o Coronel Parker e Bob Neal).
Elvis com Bob Neal, Sam Phillips e o Coronel Parker.
Elvis, em estúdio (1956).

Elvis ganha o seu primeiro disco de ouro, Heartbreak Hotel.

Elvis, no Stage Show.

1º álbum de Elvis (LP).

Elvis, a fazer teste cinematográfico para a Paramount.

Elvis, no New Frontier Hotel, em Las Vegas.

Elvis, no Milton Berle Show, a cantar Hound Dog.

« Página Principal  « Regressar  Avançar »